Seja bem vindo!
Fico muito feliz por você visitar meu blog, este cantinho que tenho registrado minhas reflexões acerca da educação.
Espero que você goste e lhe ajude na sua pesquisa.
Um grande abraço e muito obrigada!

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Palestra: Políticas Públicas para a Educação Infantil.


A Profa. Rita Coelho da COEDI/MEC abordou que as políticas para a educação infantil são minicipais e o papel da União na educação infantil é de coordenar e de organizar o sistema de educação; as creches se caracterizam como espaços institucionais não domésticos que constituem estabelecimentos educacionais públicos ou privados. Segundo ela deve-se reconhecer a criança como sujeito histórico cultural que através das interações produz história e também cultura. A qualidade da educação infantil comprometida com a formação integral das crianças. O maior desafio a ser vencido aparece nas práticas no cotidiano da educação infantil: oferta desigual(problema) o que tem contribuido para a desigualdade social, em contra partida construir oportunidades iguais. O MEC tem priorizado estratégias como institucionalizar a educação infantil no âmbito das competências do Estado brasileiro, consolidar a identidade da educação infantil como primeira etapa da Educação Básica. Rita traz a participação como um método estruturante através das práticas democráticas, ela é um preceito constitucional e é central para aumentar a complexidade da educação infantil; inclusão da população na tomada de decisão, reverter desigualdades, diversidade constitutiva da socidade brasileira. As principais ações tem-se o FUNDEB, o PROINFANTIL, PROINFÂNCIA, curso de especialização em educação infantil, Programa Nacional de Biblioteca da Escola, Programa Nacional de Alimentação Escolar, Programa Dinheiro Direto na Escola, Equiparação do fator de Ponderação, Elaboração, Implantação e Monitoramento dos Indicadores da Qualidade na Educação Infantil, Pesquisa e Publicações, Aprovação da Lei 12.101. de 27/11/2009,Revisão de Portaria ANVISA 321/1988, Atendimento ao educando, Implementação das novas DCNEI, Formação da rede em prol da diversidade na educação infantil do campo.

Mesa Redonda: O cotidiano na Educação Infantil: O que fazer? Como fazer?



A Profa. Dra. Maria Inês Mafra Goulart da UFMG trouxe reflexões sobre infância, cotidiano, educação, desenvolvimento, aprendizagem, criar e apropriar. Falou das relações dialéticas no que se refere a ação e pensamento. Trouxe também o conceito de currículo que é o conjunto de experiências culturais relacionadas aos saberes e conhecimentos, vividos por adultos e crianças numa mesma instituição de educação infantil, na perspectiva da formação humana( Projeto Político de Contagem). Para ela a aprendizagem se dará através da participação, sentindo e refletindo. A Profa. Dra. Sílvia Helena Cruz da UFC abordou as Diretrizes Curriculares Nacional para a Educação Infantil que traz o currículo como sócio político pedagogico que garanta direitos civis, socias e humanos; igualdade de oportunidade de educação de diferentes classes sociais; construir novas formas de sociabilidade e de subjetivada comprometidas com a democracia. A educação infantil precisa ter como objetivo uma educação que tenha significado, garanta à criança o acesso a processos de apropriação, renovação e articulação de conhecimento e aprendi zagem de diferentes linguagens. Para Ela os eixos norteadores são as interações e brincadeiras. A Profa. Dra. Denise Maria de Carvalho Lopes da UFRN colocou que é preciso pensar em uma resposta para a educação infantil, construir uma proposta pedagógica curricular e elementos para construir uma resposta possível e necessária. Para ela as crianças são cidadãos, sujeitos de direitos, pessoas concretas com necessidades relativas à sua condição biológica e sociocultural. Sujeitos em fase de desenvolvimento intenso e de potencial para transformações; são dependentes do meu social, mas são capazes de aprender, de se desenvolver, são produtoras de cultura, inventam, imaginam. São capazes de participar de colaborar com a construção do cotidiano delas próprias e das pessoas à sua volta.Por ultimo falou que as crianças se desenvolve mediante as interações e são mediadas pelos outros mais experientes(professora) que cria situações mediante planejamento para que as crianças possam ser atendidas e a expressar-se(interpretar).

Palestra


Na palestra da Profa. Dra. Zilma Ramos de Oliveira sobre as Novas Diretrizes Curriculares para a Educação Infantil abordou que o currículo é um instrumento político e tem que assegurar possilidades de enriquecer as crianças para sua continuidade de estudo e principalmente que seja voltado para o educar e o brincar. Ela colocou que é preciso pensar e refletir a Educação Infantil como um direito, e como tal precisa oferecer igualdade de condições e ser de qualidade, que o educar e o cuidar é algo indisociável. E ainda falou que o currículo é formado por práticas sociais e educacionais organizadas em torno dos conteúdos, não sendo só uma lista de conteúdos necessários para a criança de forma a estabelecer e conviver com limites de liberdade. Como prioridade tem uma metologia adequada, diretrizes para o conviver entre si e se respeitar; romper com as dominações: sócio econômica, ético racial, dominação de gênero, dominação religiosa, dominação linguística. Para a educação infantil é preciso garantir sutentabilidade, solidariedade, criatividade e questões sobre meio ambiente.

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

domingo, 23 de maio de 2010

A Escola Renovada
A Escola Renovada que se almeja está centrada nas concepções psicopedagógicas, estas se constroem a partir de dois saberes e prática: a pedagogia e a psicologia que surgiram para o tratamento de determinadas dificuldades de aprendizagem específicas, é uma área plenamente interdisciplinar, estas resultaram do socioconstrutivismo que se baseia na interação, ou seja, todo aprendizado é necessariamente mediato, na relação aluno-professor e aluno-aluno que se produz conhecimento.
A aprendizagem é uma organização pessoal sendo o indivíduo que constrói o conhecimento a partir das informações que já possui. Nesta perspectiva há vários ambientes de aprendizagem já que os sujeitos diferem uns dos outros através das inteligências múltipas.
Na escola lidamos com muitas culturas, níveis sociais, religiosos e políticos. É preciso saber lecionar de forma a promover oportunidades variadas e atenuar as diferenças. Para que se tenha uma educação voltada para o exercício da cidadania e o desenvolvimento da autonomia intelectual.
Muitas funções foram dadas a Escola, para que ela cumpra seu papel bem é preciso conceber o trabalho pedagógico no contexto geral da mesma e por toda a comunidade escolar como equipe de trabalho.

Funções da Escola nesta Sociedade
Para que a Escola cumpra suas funções é preciso sofrer alterações estruturais e organizacionais, como também o professor necessariamente tem que ser um mediador do conhecimento, um mobilizador de energias, aquele que investiga e aprende junto com os alunos, descobre e favorece o desenvolvimento de talentos, instiga a busca e a descoberta.
As funções que se espera da Escola é que ela forme o cidadão ativo, consciente do social; o ser humanizado e capaz de conviver com a diversidade; desenvolva habilidades cognitivas para a pesquisa, a criatividade de idéias, a participação, ou seja, capacidades, habilidades e atitudes; ofereça ambientes de aprendizagens e oportunidades de vivência e prepare o aluno para ingressar no mundo do trabalho e o desenvolvimento de competências para ajustar-se a novas situações de trabalho.

quinta-feira, 13 de maio de 2010

O hipertexto é um texto em formato digital, ao qual se agrega outros conjuntos de informações na forma de blocos de textos, palavras, imagens ou sons e animação, cujo acesso se dá através de links. Possibilita a livre escolha do caminho a ser percorrido pelo usuário, tornando-se a consulta mais fácil e atraente. O hipertexto pode ser usado para disponibilizar a informação em catálogo de produtos, apresentação de empresas, softwares educacionais, publicação na Internet, Helps nos CD ROMs, Windows, e outras aplicações.
A cada dia os computadores estão sendo incorporados, cada vez mais, em todos os setores da sociedade. Daí surge conceitos que provocam profundas modificações nos valores da sociedade. Um desses conceitos é o de Multimídia que se constitui num conjunto de possibilidades de produção e utilização integrada a todos os meios de expressão e de comunicação, ou seja, das diferentes mídias; sons, animação, texto, vídeo, foto.
Navegar na internet é muito interessante quando temos consciência do que estamos pesquisando. O hipertexto possibilita aprofundar os conceitos através dos vários links que oferece, fazendo a pesquisa se tornar mais interessante.